Quase 4 mil empresas já foram abertas este ano em Sergipe

Quase 4 mil empresas já foram abertas este ano em Sergipe

Além disso, mais de 8,6 mil alterações empresariais foram computadas até o dia 30 de novembro

Apesar das turbulências econômicas causadas pela pandemia da Covid-19 em Sergipe, ainda assim, o Estado conseguiu manter um alto índice de abertura de empresas.

Para se ter ideia, de 1º de janeiro até 30 de novembro deste ano, a Junta Comercial do Estado de Sergipe (JUCESE) computou quase quatro mil (3.818) novas empresas no Estado. Os números refletem o ambiente de negócios favorável, criando um ambiente atrativo para a instalação de novas empresas e buscando a desburocratização dos serviços no sentido de facilitar a vida do empresário.

Outro ponto positivo é que o número de empresas abertas este ano já é bem maior do que o montante de fechamentos. Quando se subtrai o número de empresas abertas por aquelas que tiveram as atividades encerradas, o saldo é positivo em mais de 1 mil.

Com a implantação do “Jucese 100% Digital”, em setembro do ano passado, a prestação dos serviços de registro empresarial (abertura, alteração e baixa de empresas) passaram a ser realizados exclusivamente pela internet, através do Portal de Serviços Agiliza Sergipe (www.agiliza.se.gov.br). Tudo isso com um aparato tecnológico confiável e seguro.

Para se ter ideia da velocidade dessa ferramenta, em Sergipe, atualmente, é possível abrir uma empresa de forma totalmente virtual. Para isso, o usuário leva, em média, de 10 a 15 segundos.

Outro fator que deve ser levado em consideração e que reflete de forma bastante positiva o trabalho, diz respeito ao número de alterações realizadas por empresários este ano. Ao todo, 8.606 empresas realizaram algum tipo de serviço nesse sentido, o que por si já demonstra, em sua grande maioria, uma ampliação do negócio.

Fonte: Junta Comercial do Estado de Sergipe (Jucese)