Junta Comercial do Rio Grande do Norte registra melhor trimestre em oito anos

Junta Comercial do Rio Grande do Norte registra melhor trimestre em oito anos

Segundo dados da Junta Comercial do Estado do Rio Grande do Norte (Jucern), no primeiro trimestre de 2021, foram 2.160 solicitações de abertura de empresas. Esse número é 17% maior que o registrado no mesmo período do ano passado, além de representar o melhor trimestre desde 2013. 

Já o quantitativo de negócios que encerraram suas atividades recuou 2% entre janeiro e março em relação ao mesmo trimestre do ano anterior. No relatório de 2020, consolidado hoje pela Jucern, pela primeira vez em dez anos, a Junta Comercial do RN registrou queda neste índice e a tendência vem se mantendo também em 2021. 

Além disso, segundo o ranking que consolida dados da Receita Federal e que inclui também o número de microempreendedores individuais, o Rio Grande do Norte foi o terceiro estado que mais aumentou o número de novos negócios no último quadrimestre de 2020. Foram 13.943 empresas abertas, incluindo microempreendedores individuais. Cerca de 14% a mais do que o verificado no quadrimestre anterior. 

Para o presidente da Jucern, Carlos Augusto Maia, os órgãos de registro têm uma função estratégica no atual momento: “Desde março batemos recorde de recebimento de processos digitais. A Jucern já vinha trabalhando com recursos virtuais, mas, com a necessidade de isolamento, precisamos adaptar outros serviços e a avaliação do contribuinte tem sido positiva, graças ao investimento preliminar em recursos digitais.”