Junta Comercial do Amazonas completa 128 anos com modernização de serviços

Junta Comercial do Amazonas completa 128 anos com modernização de serviços

  • Post Author:
  • Post Category:Sem categoria

A Junta Comercial do Estado do Amazonas (Jucea) completou no dia 14 de dezembro, 128 anos de serviços prestados à sociedade amazonense, com grandes avanços e conquistas. Ao longo dos últimos meses de administração, a Jucea aperfeiçoou e implantou serviços e canais de comunicação aos seus usuários, resultando em maior agilidade e segurança nas tramitações de processos, e o mais importante, contribuindo com a simplificação e desburocratização do registro empresarial para melhoria do ambiente de negócios no Estado.

Ampliação do horário

Logo no primeiro mês do 2019, a nova gestão da autarquia, atendeu uma das maiores demandas da sociedade para com a Junta Comercial, que era a ampliação do horário de atendimento presencial ao público, passando das 13h para às 17h, bem como a organização deste atendimento, por meio da distribuição de senhas. Com a ampliação do horário, mais de 4 mil pessoas foram beneficiadas de janeiro a novembro.

Junta 100% Digital

O maior destaque do primeiro semestre na Junta Comercial do Amazonas foi a implantação do recebimento de processos de arquivamento de forma 100% digital, representando enorme benefício para o cidadão do interior do estado que não mais necessita vir a capital para registrar sua empresa. De abril a novembro foram registrados mais de 13 mil processos totalmente on-line.

O procedimento foi fundamental para a modernização da autarquia que, instituiu em janeiro deste ano o sistema Rede Simples Digital, existente apenas em outros oito estados brasileiros. O novo sistema permitiu que os serviços prestados pela Jucea sejam feitos com maior segurança e confiabilidade nos dados fornecidos pelos usuários.

Canais de comunicação e treinamento

Com a modernização do sistema foi preciso criar ferramentas para estabelecer um relacionamento de comunicação e de capacitação com os usuários. Por isso, a Junta criou canais de comunicação no site da instituição, destacando-se o ‘Chat Online’ com mais de 10 mil atendimentos aos cidadãos. Já o treinamento realizado in loco alcançou 20 municípios do Amazonas e a capital.

Integrações e convênios

Com a revolução do sistema digital/virtual e com a meta de desburocratização dos processos para abertura de empresas, a Jucea, integrou à Redesim-AM, órgãos diretamente ligados ao registro empresarial como a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz-AM), Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam), Prefeitura de Manaus, Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), Receita Federal, Suframa e a Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM).  E ainda, firmou convênios para o compartilhamento de dados com a Organização das Cooperativas do Brasil no Amazonas (OCB/AM), Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam) e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

Subcomitê

Em maio, a Junta Comercial implantou o Comitê Estadual da RedeSim. O objetivo do subcomitê é resgatar os projetos voltados para a desburocratização e simplificação na constituição de registro e licenciamentos para abertura de empresas. Ele é composto por 31 entidades que contribuem direta e indiretamente no processo de registro e licenciamento de empresas no Amazonas.

Registro Automático

Ainda em maio, outro grande ponto positivo foi a instituição do Registro Automático, no site da autarquia. O novo procedimento permite que o registro de empresas aconteça de forma automática, o que ocorre sem intervenção humana em um processo simplificado.

A Jucea teve destaque nacional com o registro de empresas em apenas 1 segundo. Atualmente, 1.401 novas constituições empresariais foram realizadas pelo Registro Automático.

Protocolo Único

Pensando nos usuários, a Junta inseriu em seu sistema, em julho, o Protocolo único. O sistema permite um único número identificador de protocolo para os processos durante toda a tramitação do documento, iniciando da viabilidade até o recebimento do processo. Anteriormente, era emitido um número para cada etapa do processo.

 Registro na mesma Junta Comercial

Já no sistema de Filial/ Matriz, inserido nos serviços oferecidos pela Jucea, não é mais necessário que o cidadão/empresário se desloque até as unidades da federação na qual serão constituídas, alteradas ou extinta a(s) filial(is) para o arquivamento do ato, pois ele será feito em momento conjunto com o ato praticado na junta comercial da matriz. Um grande avanço na simplificação do registro empresarial.

Digitalização do acervo

A Junta Comercial do Amazonas encerra no mês de dezembro, data que completa 129 anos, com o marco histórico de ter digitalizado todo o seu acervo documental, são aproximadamente dez milhões de documentos, alguns arquivados há décadas. Sem custo financeiro para a autarquia, por meio de uma parceria com o Sebrae-AM.

Para o presidente a autarquia, Enio Ferrarini, a Jucea continuará em evolução. “A Junta chega aos seus 128 anos com muitos avanços e conquistas. Nós continuaremos trabalhando para a cada dia melhoramos os nossos serviços e atendimentos”, concluiu.

Fonte: http://www.jucea.am.gov.br/junta-comercial-do-amazonas-completa-128-anos-com-modernizacao-de-servicos/