Juceb comemora 169 Anos

Juceb comemora 169 Anos

  • Post Author:
  • Post Category:Sem categoria

A Junta Comercial da Bahia tem muita história para contar. Desde a sua fundação, em 1850, a exatos 169 anos, e, portanto, a mais antiga de todo o País, a instituição precisou acompanhar as mudanças políticas, econômicas e comerciais que foram acontecendo ao longo de mais de um século e meio de história, para atender de forma eficiente e ágil as necessidades de um público cada vez mais exigente e levar benefícios à sociedade como um todo. Os serviços prestados pela Juceb são, primordialmente, direcionados para a classe empresarial. Mas, a autarquia cumpre papel de ente integrador e também desempenha um papel importante na vida do cidadão baiano, na medida em que se torna parceira de outros órgãos públicos, colaborando com eles, e possibilitando a agilização dos serviços prestados ao cidadão, direta ou indiretamente.

O marco inicial de sua história data dos primórdios do Século XIX, com o advento da sociedade industrial, que estabeleceu novas relações de trabalho e fez surgir uma nova classe de empresários, os comerciantes. É desta época, também, que foram sendo elaboradas as primeiras codificações de leis utilizadas pelas novas nações que se formavam no velho continente. Merece destaque, ainda, a vinda da Família Real e de toda a Corte Portuguesa para o Brasil, em 1808, que, repentinamente, de simples colônia, passou à sede da Monarquia Lusitana. A vinda da família real para o Brasil provocou uma ampla reorganização administrativa do poder vigente, transferindo para o País secretarias de Estado, tribunais e repartições estabelecidas em Lisboa. Data de 1808 a criação, por meio de alvará, do Tribunal da Real Junta do Comércio, Fábricas e Navegação do Estado do Brasil, o primeiro passo para a implantação futura das Juntas Comerciais do País.

A Juceb vem demonstrando ser possível oferecer serviços com qualidade, tendo, por esta razão, adotado como meta a busca da excelência no atendimento ao público, procurando cada vez mais modernizar e desburocratizar seus procedimentos. No período compreendido entre 1985 e 1987, a Juceb buscou ajustar‐se às novas exigências e modernização da administração pública, sendo pioneira nesse quesito. Foram implantados vários projetos considerados indispensáveis ao ajustamento da autarquia bem como novas técnicas administrativas. No ano de 2005, a Junta deu continuidade aos projetos da área de tecnologia da informação, imprimindo ao órgão, além do seu papel de viabilizar o registro de empresas, o de provedor de informações, tanto aos órgãos públicos, quanto à sociedade empresarial, subsidiando as decisões de ordem econômica e empresarial. Neste período, desenvolveu ações estratégicas visando acelerar a digitalização de arquivos, a certificação digital, ampliar a oferta de serviços via internet, além de parcerias com outros órgãos públicos envolvidos no registro de empresas, deflagrando as primeiras ações que posteriormente foram definidas na Lei que criou a Redesim.

Sempre com o foco no crescimento econômico do Estado, a Juceb hoje investe em Campanhas e Projetos que se aproximem do empreendedor, levando serviço e informação a todos os municípios, bem como desenvolve parcerias que favoreçam o empresariado baiano.

Hoje a Juceb possui 34 Escritórios Regionais e está presente em 5 SACs. Em 2019 foram feitos 50.820 atendimentos presenciais e 17.449 atendimentos online.

São 189 Municípios Conveniados à Redesim . A cobertura alcança mais de 90% dos CNPJs ativos no Estado.

Mais do que apenas registrar empresas, a Juceb é uma integradora e facilitadora do empreendedorismo na Bahia.

Obrigado a todos os clientes, parceiros, empreendedores e servidores que escreveram junto com a gente essa história.

Parabéns, Juceb!

Fonte: http://www.juceb.ba.gov.br/noticias/juceb-comemora-169-anos/